quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

BENTO XVI GARANTE REVERÊNCIA E OBEDIÊNCIA AO NOVO PAPA

Cidade do Vaticano
Após ouvir a saudação do Decano do Colégio Cardinalício, Bento XVI tomou a palavra para se despedir dos Cardeais.

Assim como o Cardeal Sodano, o Papa também citou a experiência dos discípulos de Emaús, afirmando que também para ele foi uma alegria caminhar em companhia dos cardeais nesses anos na luz da presença do Senhor ressuscitado.

Como disse ontem diante de milhares de fiéis que lotavam a Praça São Pedro, a solidariedade e o conselho do Colégio foram de grande ajuda no seu ministério. “Nesses oito anos, vivemos com fé momentos belíssimos de luz radiosa no caminho da Igreja, junto a momentos em que algumas nuvens se adensaram no céu. Buscamos servir Cristo e a sua Igreja com amor profundo e total. Doamos a esperança que nos vem de Cristo e que é a única capaz de iluminar o caminho. Juntos, podemos agradecer ao Senhor que nos fez crescer na comunhão. Juntos, podemos pedir para que nos ajude a crescer ainda nessa unidade profunda, de modo que o Colégio dos Cardeais seja como uma orquestra, onde as diversidades, expressão da Igreja universal, concorrem à superior e concorde harmonia.

Aos Cardeais, o Papa expressou “um pensamento simples” sobre a Igreja e sobre o seu mistério, que constitui para todos nós a razão e a paixão da vida, escrita por Romano Guardini. Ou seja, de que a Igreja não é uma instituição excogitada, mas uma realidade viva. Ela vive do decorrer do tempo, transformando-se, mas em sua natureza permanece sempre a mesma. O seu coração é Cristo.

Parece que esta foi a nossa experiência ontem na Praça. Ver que a Igreja é um corpo vivo, animado pelo Espírito Santo, e vive realmente da força de Deus. Ela está no mundo, apesar de não ser do mundo. É de Deus, de Cristo, do Espírito Santo e nós o vimos ontem. Por isso é verdadeira e eloquente a outra famosa expressão de Guardini:

A Igreja se desperta no ânimo das pessoas. A Igreja vive, cresce e se desperta nos ânimos que, como a Virgem Maria, acolhem a palavra de Deus e a concebem por obra do Espírito Santo. Oferecem a Deus a própria carne e o próprio trabalho em sua pobreza e humildade, se tornando capazes de gerar Cristo hoje no mundo.

Através da Igreja, disse o Papa, o mistério da encarnação permanece presente sempre. E fez um apelo aos Cardeais: “Permaneçamos unidos, queridos irmãos, neste mistério, na oração, especialmente na Eucaristia cotidiana, e assim serviremos a Igreja e toda a humanidade. Esta é a nossa alegria que ninguém pode nos tirar. Antes de saudá-los pessoalmente, desejo dizer que continuarei próximo com a oração, especialmente nos próximos dias, para que sejais plenamente dóceis à ação do Espírito Santo na eleição do novo Papa. Que o Senhor vos mostre quem Ele quer. E entre vós, entre o Colégio dos cardeais, está também o futuro Papa, ao qual já hoje prometo a minha incondicionada reverência e obediência.”
(BF)

Fonte: http://www.news.va/pt/news/bento-xvi-garante-reverencia-e-obediencia-ao-novo#sthash.wujGEwLc.dpuf

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

BENTO XVI: "NÃO ABANDONO A CRUZ, MAS PERMANEÇO DE UM MODO NOVO, JUNTO AO SENHOR CRUCIFICADO"

Cidade do Vaticano
Na presença de mais 150 mil fiéis que lotaram a Praça de São Pedro, o Santo Padre, o papa Bento XVI realizou a sua última catequese nesta quarta-feira (27).

Ao entrar na Praça de São Pedro, no papamóvel, Bento XVI foi ovacionado pela multidão, pelos presbíteros e pelos cardeais.

Acenos, cartazes com dizeres de agradecimento e muita emoção marcaram a última aparição pública do papa em Roma.

Comovido, Bento XVI iniciou a Audiência Geral agradecendo a presença de todos que estavam na Praça de São Pedro e também dos que rezaram e rezam por ele nesse momento.

No início de sua catequese Bento lembrou, que como o apóstolo Paulo, ele também sente o “dever” de agradecer a Deus.

“Nesse momento o meu coração se expande para abraçar toda a Igreja dispersa. Dou graças a Deus pelas notícias que nesses anos de ministério petrino eu pude receber sobre a fé no Senhor Jesus Cristo e na caridade que circula, realmente, no coração da Igreja, e faz viver no amor, e da esperança que nos abre, que nos orienta para a plenitude da vida em direção à pátria celeste”.

O papa lembrou em sua mensagem que ao assumir o ministério petrino em 2005, sentiu um “peso grande” em seus ombros, mas depositou em Deus a confiança para guiá-lo em sua missão e afirmou que sentiu a presença de Deus, durante os oito anos em que esteve a frente da Igreja.

“Foi uma parte do caminho da Igreja que teve momentos de alegria e de luz, mas também momentos nada fáceis”.

Diante dos momentos difíceis, o papa disse depositar em Deus a confiança de que a ‘barca’ da Igreja não é dele, mas pertence a Deus.


“Houve momentos em que as águas estavam agitadas e o vento contrário, como em toda a história da Igreja, e o Senhor parecia dormir, mas sempre soube que nessa barca está o Senhor e sempre soube que a barca da Igreja não é minha, não é nossa, mas é sua e a não deixa afundar”.

O Papa declarou que não se sentiu sozinho ao longo de seu pontificado e agradeceu a todos que contribuíram com ele durante o seu ministério.

“Gostaria de agradecer do fundo do coração às várias pessoas de todo o mundo que nas últimas semanas me enviaram sinais comoventes de atenção, de amizade e de oração. Sim, o Papa nunca está só, experimento-o agora de novo de um modo tão grande que toca o coração”.

O Santo Padre também falou sobre a sua decisão e afirmou que não abandona a Igreja, mas continua de um modo diferente.

“Não retorno à vida privada, a uma vida de viagens, encontros, conferências, etc. Não abandono a cruz, mas permaneço de um modo novo, junto ao Senhor crucificado; não carrego mais a potestade do ofício para o governo da Igreja, mas no serviço da oração permaneço, por assim dizer, no lugar de São Pedro”.

O papa finalizou sua mensagem, enfatizando que “amar a Igreja significa ter a coragem de fazer escolhas difíceis, sofridas, tendo sempre diante de si o bem da Igreja e não a si próprio”.

Ao final da catequese, o Santo Padre recebeu uma saudação emocionada de todos os fiéis presentes na Praça de São Pedro.

Ao longo de oito anos de pontificado mais de 5,1 milhões de pessoas ouviram as audiência semanais do Santo Padre.

Fonte: a12.com
Fotos: REUTERS/Stefano Rellandini, AFP.

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO...

"Eu não vou abandonar a cruz, mas eu permaneço unido ao Senhor crucificado."(Bento XVI)
Pesquisa de opinião
Você que acompanhou nesta quarta-feira, dia 27 pela internet, TV ou rádio a transmissão da última audiência pública de Sua Santidade o Papa Bento XVI, ou mesmo você que não teve esta oportunidade; qual o seu sentimento, qual sua reflexão com a renúncia do Santo Padre? Deixe-nos a sua mensagem através do link de nossa página oficial no Facebool.

Rezemos pelo Papa e pela Santa Igreja de Cristo!

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

TÍTULO, VESTES E ANEL DE BENTO XVI: EIS AS RESPOSTAS

Cidade do Vaticano
O Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Padre Federico Lombardi, realizou na manhã desta terça-feira mais uma coletiva de imprensa, em que esclareceu algumas das muitas dúvidas dos jornalistas.

Uma delas é sobre como Bento XVI será chamado a partir do dia 28 de fevereiro. A resposta é: continuará a chamar-se Sua Santidade Bento XVI, mas foi escolhido também Papa Emérito ou Romano Pontífice Emérito.

Sobre as vestes: branca, simples, sem mantelete. Não são mais previstas os sapatos vermelhos. “Parece que o Papa ficou muito satisfeito com os sapatos que lhe presentearam no México, em Leon”, disse Padre Lombardi.

Não usará mais o anel do pecador, para o qual o Camerlengo, com o decano, darão o fim que a Constituição prevê.

Sobre o dia de hoje, o Papa a transcorrerá em oração e preparação para a transferência a Castel Gandolfo.

Para a Audiência Geral de quarta-feira, foram distribuídos 50 mil bilhetes. Prevê-se o mesmo esquema: um amplo giro com o papamóvel. Não terá lugar o “beija-mão” – este será feito após a Audiência Geral, na Sala Clementina, para algumas autoridades, como o Presidente da Eslováquia, o Presidente da região da Baviera. 

Quinta-feira, às 11h, haverá a saudação aos Cardeais, com o discurso do Decano no início. Às 16h55 (hora local), a partida de carro do pátio de São Dâmaso, saudação dos superiores. No heliporto, haverá a saudação do Cardeal Decano. Às 17h15, a chegada a Castel Gandolfo, onde estarão presentes o Bispo de Albano e outros autoridades. Às 17h30, no Pátio interno o Papa saúda os fiéis – a última saudação pública do Santo Padre. Às 20h, a Guarda Suíça, fecha a porta do Palácio Apostólico, encerrando o serviço para o Papa como chefe da Igreja.

Fonte: Rádio Vaticano

ASILO DO ANO BOM EM BARRA MANSA PODE FECHAR AS PORTAS

Foto: Jornal Diário do Vale
Barra mansa - RJ
Um dos asilos de Barra Mansa corre o risco de fechar por problemas financeiros. A dívida do Abrigo São Vicente de Paulo, mais conhecido como "Vila Vicentina", já ultrapassa a R$ 120 mil. E se uma solução não for encontrada, os internos não vão ter mais onde ficar.

Seu Antônio chegou há quase quatro anos e não reclama.

- Estou feliz sim, porque tenho minha família em Portugal, aqui não tenho família nenhuma, eu tenho família só em Portugal. E eles de vez em quando telefonam para mim, eu converso com eles - contou Antônio Pinto Coimbra, interno.

Ele é um dos 48 idosos que vivem nesse asilo, no bairro Ano Bom, que por falta de condições financeiras pode fechar as portas. A instituição, criada há 61 anos, hoje tem uma receita de R$ 20 mil e uma despesa de R$ 35 mil. Segundo a direção, nos últimos anos as exigências da Vigilância Sanitária e do Estatuto do Idoso aumentaram e as doações diminuíram.

- Pelas exigências do Ministério Público há muitas obras a serem feitas, como da cozinha, da lavanderia, das próprias enfermarias, que teremos que reduzir o número de leitos, fazer quatro leitos em cada quarto. Então tudo isso vai se tornar difícil e com a dívida que nós já temos vai ficar mais difícil ainda - explicou na ocasião Nilson Machado Ribeiro, então presidente interino do asilo.

Atualmente, o asilo enfrenta dificuldades para pagar os salários dos 27 funcionários, fazer a manutenção das instalações e até para comprar fraldas geriátricas. São necessárias quase duas mil por mês. A dívida acumulada ao longo do tempo já ultrapassa a R$120 mil [...].

- Precisamos da ajuda da comunidade. Como sempre nós só vivemos pelas doações das comunidades, mas eu acredito que Barra Mansa não deixará a Vila Vicentina fechar - disse Nilson.

CONTATO COM O ASILO
Avenida Presidente Kennedy, 1000 - Ano Bom
CEP 27323-642 - Barra Mansa - RJ
Tel.: (24) 3323-2984  -  E-mail: ssvp.vilavicentina@hotmail.com

Fonte adaptada: TV Rio Sul (11/2012)

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

MOTU PRÓPRIO DE BENTO XVI É DIVULGADO

Carta Apostólica do Papa Bento XVI em forma de "Motu Próprio" sobre algumas mudanças nas normas sobre a eleição do Romano Pontífice.

Com a Carta Apostólica De aliquibus mutationibus in normis de electione Romani Pontificis, como Motu Próprio em Roma no dia 11 de Junho de 2007, terceiro ano do meu Pontificado, estabeleci algumas normas que, revogando aquelas prescritas no número 75 da Constituição Apostólica Universi Dominici Gregis promulgada no 22 de fevereiro de 1996 pelo meu predecessor, o Beato João Paulo II, re-estabeleceram a norma, sancionada pela tradição, segundo a qual para a válida eleição do Romano Pontífice é sempre necessária a maioria dos dois terços dos votos dos Cardeais eleitores presentes.

Considerada a importância de garantir o melhor desempenho do que compete, embora com ênfase diferente, à eleição do Romano Pontífice, em particular uma mais certa interpretação e atuação de algumas disposições, estabeleço e prescrevo que algumas normas da Constituição apostólica Universi Dominici Gregis e tudo o que eu mesmo dispus na referida Carta apostólica sejam substituídas pelas normas a seguir:

n. 35. “Nenhum Cardeal eleitor poderá ser excluído da eleição seja ativa que passiva por nenhum motivo ou pretexto, permanecendo firme o prescrito no n. 40 e no n. 75 desta Constituição.”

n. 37. “Além do mais Ordeno que, a partir do momento em que a Sé Apostólica esteja legitimamente vacante, espere-se por quinze dias inteiros os ausentes antes de começar o Conclave; deixo, no entanto, ao Colégio dos Cardeais a faculdade de antecipar o começo do Conclave se consta a presença de todos os Cardeais eleitores, como também a faculdade de protelar, se existem motivos graves, o começo da eleição por alguns outros dias. Passados, porém, no máximo, vinte dias do começo da Sé Vacante, todos os Cardeais eleitores presentes devem proceder à eleição”.

n. 43. “A partir do momento em que se dispor o começo dos procedimentos da eleição, até o anúncio público da eleição do Sumo Pontífice ou, pelo menos, até quando assim o ordenar o novo Pontífice, os lacais da Domus Sanctae Marthae, como também, e sobretudo a Capela Sistina e os ambientes destinados para as celebrações litúrgicas, deverão permanecer fechados, sob a autoridade do Cardeal Camerlengo e com a colaboração externa do Vice Camerlengo e do Substituto da Secretaria de Estado, às pessoas não autorizadas, como estabelecido nos números seguintes.

Todo o território da Cidade do Vaticano e também a atividade ordinária dos Escritórios que têm sua sede dentro do âmbito deverão ser regulados, por certo período, a fim de garantir a privacidade e o livre desenvolvimento de todas as operações relacionadas com a eleição do Sumo Pontífice. Em particular, se deverá prover, também com a ajuda de Prelados Clérigos da Câmara, que os Cardeais eleitores não sejam abordados por ninguém no percurso da Domus Sanctae Marthae até o Palácio Apostólico Vaticano”.

n. 46. parágrafo 1. “Para atender as necessidades pessoais e de ofício relacionadas com a realização das eleições, deverão estar disponíveis e portanto convenientemente alojados em locais adequados, dentro dos limites referidos no n. 43 da presente Constituição, o Secretário do Colégio dos Cardeais, que atua como secretário da assembleia eleitoral; o Mestre das Celebrações Litúrgicas Pontifícias com oito cerimoniários e duas Religiosas encarregadas da Sacristia Pontifícia; um eclesiástico escolhido pelo Cardeal Decano ou pelo Cardeal que lhe substitui, para que o ajude no próprio ofício.”

n. 47. “Todas as pessoas listadas no n. 46 e n. 55, § 2 º da presente Constituição Apostólica, que por qualquer motivo e em qualquer tempo tomassem conhecimento por meio de quem for de quanto direta ou indiretamente diz respeito aos atos próprios da eleição e, de modo especial, ao que se refere ao escrutínio na mesma eleição, estão obrigados a sigilo absoluto com qualquer pessoa fora do Colégio dos Cardeais eleitores: para isso, antes do começo dos procedimentos, deverão prestar juramento na modalidade e na fórmula indicadas no número seguinte.”

n. 48. “As pessoas referidas no n. 46 e no n. 55, parágrafo 2 º da presente Constituição, devidamente avisadas sobre o significado e a extensão do juramento que farão, antes de começar os procedimentos da eleição, diante do Cardeal Camerlengo ou de outro Cardeal delegado pelo mesmo, na presença de dois Protonotários Apostólicos de Número Participantes, no devido tempo deverão pronunciar e assinar o juramento segundo a seguinte fórmula:

Eu, N. N. prometo e juro de observar o segredo absoluto com qualquer pessoa que não faça parte do Colégio dos Cardeais eleitores, e isso para sempre, a menos que não receba uma especial faculdade para isso data expressamente pelo novo Pontífice eleito ou pelos seus Sucessores, sobre tudo o relacionado direta ou indiretamente às votações e aos escrutínios para a eleição do Sumo Pontífice.

Prometo também e juro de abster-me de usar qualquer instrumento de gravação ou de audição ou de visão de tudo o que, no período da eleição, acontece no âmbito da Cidade do Vaticano, e especialmente de tudo o que direta ou indiretamente de qualquer forma tem relação com os procedimentos relacionados com a mesma eleição.

Declaro de fazer este juramento, consciente de que uma infração desse vai resultar para mim na pena canônica da excomunhão “latae sententiae” reservada à Sé Apostólica “.

Assim Deus me ajude e estes Santos Evangelhos, que toco com a minha mão. “

n. 49. “Celebradas de acordo com os ritos prescritos o funeral do Pontífice, preparado tudo o que é necessário para o desenrolar regular da eleição, no dia estabelecido, nos termos do n. 37 desta Constituição, para o início do Conclave todos os Cardeais se reunirão na Basílica de São Pedro no Vaticano, ou em outro lugar segundo a oportunidade e as necessidade do tempo e do lugar, para participar de uma solene celebração eucarística com a Missa votiva pro eligendo Papa. (19) Isso deverá ser feito de preferência nas primeiras horas da manhã, para que à tarde possa acontecer o que está prescrito nos números seguintes da mesma Constituição”.

n. 50. “Da Capela Paulina do Palácio Apostólico, onde estarão recolhidos em hora conveniente da parte da tarde, os Cardeais eleitores com hábito coral irão em procissão solene, invocando com o canto do Veni Creator a assistência do Espírito Santo, à Capela Sistina do Palácio Apostólico, lugar e sede do processo eleitoral. Participarão da procissão o Vice Camerlengo, o Auditor Geral da Câmara Apostólica e dois membros de cada um dos Colégios dos Protonotários Apostólicos de Número Participantes, dos Prelados Auditores da Rota Romana e dos Prelados Cléricos da Sala”.

n. 51. parágrafo 2. “Portanto, será responsabilidade do Colégio dos Cardeais, trabalhando sob a autoridade e a responsabilidade do Camerlengo adjunto da Congregação particular da qual no n.7 da presente Constituição, que, dentro de tal Capela e dos locais adjacentes, tudo esteja previamente disposto, também com a ajuda de fora do Vice Camerlengo e do Substituto da Secretaria de Estado, de modo que a regular eleição e a confidencialidade da mesma sejam tuteladas.”

n. 55. parágrafo 3. “Se qualquer violação desta norma acontecesse, saibam os autores que sofrerão a pena de excomunhão latae sententiae reservada à Sé Apostólica”.

n. 62. “Abolidos os modos de eleição chamados per acclamationem seu inspirationem e per compromissum, a forma de eleição do Romano Pontífice será daqui pra frente unicamente per scrutinium.

Estabeleço, portanto, que, para a válida eleição do Romano Pontífice seja necessário ao menos dois terços dos sufrágios, computados com base aos eleitores presentes e votantes.”

n. 64. “O procedimento do escrutínio acontece em três fases, a primeira das quais, que pode ser chamada pré-escrutínio, compreende: 1) a preparação e a distribuição das cédulas pelos Cerimoniários – chamados na Sala junto com o Secretário do Colégio dos Cardeais e com o Mestre das Celebrações Litúrgicas Pontifícias – que entregarão ao menos duas ou três a cada um dos Cardeais eleitores; 2) o sorteio, entre todos os Cardeais eleitores, de três Escrutinadores, três encarregados de recolher os votos dos doentes, denominados brevemente infirmarii, e de três Revisores; tal sorteio é feito publicamente a partir do último Cardeal Diácono, que extrai a seguir os nove nomes daqueles que deverão realizar tais tarefas; 3) se no sorteio dos Escrutinadores, dos Infirmarii e dos Revisores, saem os nomes dos Cardeais eleitores que, por doença ou outro motivo, estão impedidos de realizar tais tarefas, sejam retirados no lugar deles os nomes de outros sem impedimentos. Os primeiros três sorteados serão os Escrutinadores, os segundos três Infirmarii, os outros três Revisores”.

n. 70. parágrafo 2. “Os escrutinadores somam todos os votos que cada um deu, e se ninguém alcançou ao menos os dois terços dos votos naquela votação, o Papa não foi eleito; se porém, um tiver obtido ao menos os dois terços, tem-se a eleição do Romano Pontífice canonicamente válida”.

n. 75. “Se as votações a que se referem os nn. 72, 73 e 74 da mencionada Constituição não tiverem êxito, seja dedicado um dia à oração, à reflexão e ao diálogo; nas seguintes votações, observada a ordem estabelecida no n.74 da mesma Constituição, terão voz passiva somente os dois nomes que no precedente escrutínio tinham obtido o maior número de votos, nem se poderá renunciar da disposição que para a válida eleição, também nestes escrutínios, é pedida a maioria qualificada de ao menos dois terços de sufrágios dos Cardeais presentes e votantes. Nestas votações, os dois nomes que têm voz passiva não tem voz ativa”.

n. 87. “Acontecida canonicamente a eleição, o último dos Cardeais Diáconos chama na sala da eleição os Secretário do Colégio dos Cardeais, o Mestre das Celebrações Litúrgicas Pontifícias e dois Cerimoniários; portanto, o Cardeal Decano, ou o primeiro dos Cardeais por ordem e antiguidade, em nome de todo o Colégio dos eleitores pede o consenso do eleito com as seguintes palavras: Aceitas as tua eleição canônica como Sumo Pontífice? E apenas recebido o consenso, pede-lhe: Como queres ser chamado? Então o Mestre das Celebrações Litúrgicas Pontifícias, com função de notário e tendo dois Cerimoniários por testemunhas, redige um documento sobre a aceitação do novo Pontífice e o nome escolhido por ele”.

Este documento entrará em vigor imediatamente após a sua publicação no L’Osservatore Romano.

Decido isto e estabeleço, não obstante qualquer disposição em contrário.

Dado em Roma, junto de São Pedro, no dia 22 de fevereiro, no ano de 2013, o oitavo do meu Pontificado.

Benedictus PP XVI

[Traduzido por ZENIT do texto italiano publicado em VIS]

CARTA DO CEBI ÀS COMUNIDADES DA DIOCESE

Volta Redonda, 21 de fevereiro de 2013.

Olá a todos, Paz e bem.

Estamos convidando todos que trabalham com a Palavra de Deus em nossas Comunidades: escolas, estudos, círculos bíblicos, grupos de rua, de base, de missões, etc.
Para a REUNIÃO DO CEBI - VR, que acontecerá no dia 02 de Março de 2013 (sábado), na Cúria Diocesana em Volta Redonda, com o horário marcado de 9 às 11 horas.
Nesta data estaremos fazendo ABERTURA DOS TRABALHOS BÍBLICOS DO ANO 2013, BEM COMO AGENDA DE TRABALHOS FOCANDO O EVANGELHO DE LUCAS, a partir dos Discípulos e Missionários de Cristo.
SEMANA DE UNIDADE DOS CRISTÃOS, ARTICULAÇÃO DO MÊS DA BÍBLIA, SEMINÁRIO BÍBLICO DE 2013.
Esta reunião é aberta às outras regiões pastorais.
Com a ajuda e bênçãos de Deus e Santana e São Joaquim, estaremos aguardando a presença de todos.

Um abraço fraterno em Cristo,

Valdeci de Oliveira-Biro e Claudia Lucas Braga.
Coordenadores do CEBI - VR

Contato Facebook:
Valdeci de Oliveira Biro
valdecideoliveira@hotmail.com
(24) 3345-6147 / 8804-4101
Claudia Lucas Braga - (24) 3341-2654
claudialubr@hotmail.com

TERÇO DOS HOMENS CELEBRA 5ª ROMARIA NO SANTUÁRIO NACIONAL EM APARECIDA

Aparecida - SP
No último dia 23 o Santuário Nacional de Aparecida acolheu a 5ª Romaria Nacional do Terço dos Homens que reuniu aproximadamente 25 mil homens.

Os participantes estiveram presentes na missa das 9h no santuário nacional que foi presidida pelo arcebispo de Juiz de Fora (MG) Dom Gil Antônio Moreira que também é bispo-referência do Terço dos Homens junto à CNBB, e concelebrada pelo do Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Aparecida, Dom Darci José, além de diversos padres presentes.

Na parte da tarde os homens em romaria se reuniram no centro de eventos Padre Vitor Coelho de Almeida onde aconteceu uma programação especial.

A programação contou ainda com a reza do Santo Terço, Consagração dos Homens a Nossa Senhora Aparecida e Show com o Padre Antônio Maria.

O Grupo São José da Comunidade Eclesial São José (Vista Alegre, Barra Mansa) esteve presente na romaria pela primeira vez com aproximadamente 100 pessoas que lotaram dois ônibus. Além dos homens, algumas esposas acompanharam seus maridos neste importante momento em Aparecida.




Fotos: Devanil Lacerda de Aguiar

sábado, 23 de fevereiro de 2013

DOMINGO, 24 DE FEVEREIRO DE 2013 - 2º DOMINGO DA QUARESMA

Evangelho (Lucas 9,28b-36)

- O Senhor esteja convosco.
- Ele está no meio de nós.
- PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
- Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, Jesus levou consigo Pedro, João e Tiago, e subiu à montanha para rezar. Enquanto rezava, seu rosto mudou de aparência e sua roupa ficou muito branca e brilhante. 
Eis que dois homens estavam conversando com Jesus: eram Moisés e Elias. Eles apareceram revestidos de glória e conversavam sobre a morte, que Jesus iria sofrer em Jerusalém. 
Pedro e os companheiros estavam com muito sono. Ao despertarem, viram a glória de Jesus e os dois homens que estavam com ele. 
E, quando estes dois homens se iam afastando, Pedro disse a Jesus: “Mestre, é bom estarmos aqui. Vamos fazer três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias”. Pedro não sabia o que estava dizendo.
Ele estava ainda falando, quando apareceu uma nuvem que os cobriu com sua sombra. Os discípulos ficaram com medo ao entrarem dentro da nuvem. 
Da nuvem, porém, saiu uma voz que dizia: “Este é o meu Filho, o Escolhido. Escutai o que ele diz!”
Enquanto a voz ressoava, Jesus encontrou-se sozinho. Os discípulos ficaram calados e naqueles dias não contaram a ninguém nada do que tinham visto.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

AGENDA DOS PRÓXIMOS DIAS
COMUNIDADES ECLESIAIS DO SETOR VISTA ALEGRE

Dia 23 - Sábado
19h00 - Santa Missa (Igreja São José)

Dia 24 - Domingo
08h30 - Santa Missa (Igreja Nossa Senhora Aparecida)
08h30 - Celebração da Palavra de Deus (Igreja Santa Luzia)
19h00 - Celebração da Palavra de Deus (Igreja São José)
19h00 - Celebração da Palavra de Deus (Igreja Santa Luzia)
19h00 - Santa Missa Paroquial - Festa de Nossa Senhora de Lourdes (Igreja Nossa Senhora de Lourdes - Nossa Senhora de Lourdes)

Dia 25 - Segunda-feira
07h00 - Terço de Nossa Senhora (Igreja São José)

ATENÇÃO: Neste domingo, 24 às 09h00 (horário de Brasília) o santo padre o Papa Bento XVI reza a última oração dominical do Ângelus de seu pontificado. Acompanhe AO VIVO através dos sinais da TV Vaticana clicando neste link: http://www.vatican.va/video/index.html. Reze com o Papa, reze pela santa Mãe Igreja.

ACESSE FACEBOOK: http://www.facebook.com/comunidadeeclesial.saojose
SIGA-NOS NO TWITTER: https://twitter.com/comsaojose

domingo, 17 de fevereiro de 2013

ÚLTIMOS COMPROMISSOS DO PAPA BENTO XVI

Cidade do Vaticano - Roma
O Santo Padre manterá algumas de suas atividades até o dia 28 de fevereiro, quando deixará oficialmente o ministério petrino.

Neste domingo (17) o papa reza a oração mariana do Angelus e depois entra em retiro com a Cúria Romana durante toda a semana. Em razão disso, a Audiência Geral da próxima quarta-feira, dia 20, foi cancelada.

No sábado (23) ainda pela manhã, o retiro com a Cúria Romana será encerrado com as palavras de Bento XVI. No mesmo dia, o papa se encontra com o presidente italiano, Giorgio Napolitano.

No domingo (24), Bento XVI rezará o último Angelus da janela do seu apartamento, para os fiéis e peregrinos presentes na Praça de São Pedro.

O papa receberá alguns cardeais da Cúria Romana em audiências individuais, segunda-feira (25) e na terça-feira (26) não há eventos na agenda do Pontífice.

A grande despedida está prevista para a Catequese de quarta-feira (27).

A Audiência Geral deste dia acontece na Praça de São Pedro para receber melhor as pessoas que vierem se despedir do papa.

O diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, padre Federico Lombardi, informou em entrevista coletiva, detalhes sobre os dois últimos dias do pontificado do papa Bento XVI.

“Já se tem a confirmação de 35 mil pessoas para a audiência geral do dia 27 e, naturalmente, a cifra aumentará. Os fiéis e as autoridades poderão saudar o Santo Padre nesta última ocasião de presença pública do Pontífice. Já no dia 28, por sua vez, como dissemos, haverá o encontro com o Colégio cardinalício e a partida na parte da tarde para Castel Gandolfo”.

Em Castel Gandolfo, padre Lombardi acrescentou que na chegada do papa haverá um momento de saudação aos moradores da região.

Os compromissos agendados após essa data foram anulados.

Informações: Rádio Vaticano.

sábado, 16 de fevereiro de 2013

DOMINGO, 17 DE OUTUBRO DE 2013 - 1º DOMINGO DA QUARESMA

Evangelho (Lucas 4,1-13)

- O Senhor esteja convosco.
- Ele está no meio de nós.
- PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo Lucas.
- Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, Jesus, cheio do Espírito Santo, voltou do Jordão, e, no deserto, ele era guiado pelo Espírito. Ali foi tentado pelo diabo durante quarenta dias. Não comeu nada naqueles dias e, depois disso, sentiu fome. O diabo disse, então, a Jesus: “Se és Filho de Deus, manda que esta pedra se mude em pão”. Jesus respondeu: “A Escritura diz: ‘Não só de pão vive o homem’”.
O diabo levou Jesus para o alto, mostrou-lhe por um instante todos os reinos do mundo e lhe disse: “Eu te darei todo este poder e toda a sua glória, porque tudo isto foi entregue a mim e posso dá-lo a quem quiser. Portanto, se te prostrares diante de mim em adoração, tudo isso será teu”.
Jesus respondeu: “A Escritura diz: ‘Adorarás o Senhor teu Deus, e só a ele servirás’”. 
Depois o diabo levou Jesus a Jerusalém, colocou-o sobre a parte mais alta do Templo e lhe disse: “Se és Filho de Deus, atira-te daqui abaixo! Porque a Escritura diz: ‘Deus ordenará aos seus anjos a teu respeito, que te guardem com cuidado!’ E mais ainda: ‘Eles te levarão nas mãos, para que não tropeces em alguma pedra’”.
Jesus, porém, respondeu: “A Escritura diz: ‘Não tentarás o Senhor teu Deus’”. 
Terminada toda a tentação, o diabo afastou-se de Jesus, para retornar no tempo oportuno. 

- Palavra da Salvação. 
- Glória a vós, Senhor.


AGENDA DOS PRÓXIMOS DIAS
COMUNIDADE DO SETOR VISTA ALEGRE

Dia 16 - Sábado
19h00 - Santa Missa (Igreja São José)

Dia 17 - Domingo*
08h30 - Celebração da Palavra de Deus (Igreja Nossa Senhora Aparecida)
08h30 - Santa Missa (Igreja Santa Luzia)
19h00 - Santa Missa Paroquial (Igreja Matriz Santa Cruz - Vila Nova)

Dia 18 - Segunda-feira
07h00 - Terço de Nossa Senhora (Igreja São José)

*No dia 17 (domingo) não haverá a celebração das 19h00 em nenhuma das comunidades dos setor Vista Alegre. Todas as comunidades estarão celebrando Missa Paroquial de abertura da Campanha da Fraternidade 2013 na Igreja Matriz Santa Cruz no bairro Vila Nova.

ACESSE NOSSO FACEBOOK: http://www.facebook.com/comunidadeeclesial.saojose
SIGA-NOS NO TWITTER: https://twitter.com/comsaojose

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

BENTO XVI TEM UM CARINHO ESPECIAL PELO BRASIL

Aparecida - SP
O Cardeal Arcebispo de Aparecida e presidente da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), Dom Raymundo Damasceno Assis, estará presente no Conclave que vai escolher o novo Papa da Igreja, com o anúncio da renúncia de Bento XVI

Nessa entrevista, concedida a agência Zenit no Brasil, Dom Damasceno fala sobre a importância de Bento XVI para a Igreja no Brasil.

1. Um Papa pode renunciar? o que é que ele renuncia?
Segundo o Direito Canônico, cânon 332, o Papa pode renunciar ao seu cargo. Para que a renúncia seja válida, se requer que seja livre e devidamente manifestada. Não se exige que seja aceita por alguém ou por um grupo de pessoas. Para todos os demais cargos, se requer que a renúncia seja aceita por alguém.

2. Quais razões levariam um Papa a renunciar?
O motivo da renúncia de um Papa é simplesmente uma justa causa que pode ser fundada em motivos objetivos ou subjetivos. O Papa Bento XVI deu como um dos motivos de sua renúncia “que suas forças, devido à avançada idade, não mais são apropriadas para o adequado exercício do ministério de Pedro.”

3. E agora? O que acontecerá com Bento XVI? Continua sendo Papa?
Após sua renúncia o Papa Bento XVI não será mais Papa. Ele será o Cardeal Ratzinger ou Bispo Emérito de Roma.

4. Como assim, “papa emérito”?
Na Igreja não pode haver dois Papas. Jesus constituiu entre os doze apóstolos a Pedro chefe, cabeça do Colégio apostólico. O sucessor de Pedro é o chefe, a cabeça do colégio episcopal, sucessor do colégio apostólico.

5. Ainda o poderemos chamar de Bento XVI ou somente Cardeal Joseph Ratzinger?
O papa Bento XVI, após sua renúncia, será o Cardeal Ratzinger ou Bispo emérito de Roma.

6. Qual tem sido a importância de Bento XVI para a Igreja no Brasil?
Além da importância do seu magistério para toda a Igreja, o Papa Bento XVI manifestou um carinho especial para com o Brasil: canonizou o primeiro santo brasileiro, Santo Antonio de Santana Galvão e decidiu a realização da V Conferência Geral dos Bispos da América Latina e do Caribe, em Aparecida, onde esteve para inaugurá-la no dia 12 de maio de 2007. Seu discurso de abertura da V Conferência é um dos discursos mais importantes do seu pontificado.

7. Como um católico deve receber essa notícia? Com tristeza, alegria, indiferença?
O católico deve viver esse momento da vida da Igreja com muita serenidade e em união de preces pelo Papa Bento XVI e pelo Conclave que elegerá o novo Papa. Cristo é o Pastor supremo da Igreja e o Espírito Santo a assiste na sua caminhada histórica. O elo da corrente da sucessão na Cátedra de Pedro nunca foi interrompido. Rezemos para que o novo Papa tenha muita sabedoria e fortaleza para conduzir a “Barca de Pedro” e guiar o Povo de Deus.

Fonte: Arquidiocese de Aparecida

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

CNBB LANÇA CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2013

Aparecida - SP
“Nós queremos os jovens protagonistas integrados na comunidade que os acolhe, demonstrando a confiança que a Igreja deposita em cada um deles”: esta é a finalidade da Campanha da Fraternidade (CF) deste ano segundo o Presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, Card. Raymundo Damasceno Assis.

A CF deste ano tem como tema “Fraternidade e Juventude” e o lema “Envia-me”. Eis o que disse o Card. Raymundo entrevistado pela Rádio Vaticano:

Primeiramente, nós estamos celebrando os 50 anos da Campanha da Fraternidade. Ela começou em Natal em 1962. A CF deste ano se insere dentro da preparação da visita do Papa para a próxima Jornada Mundial da Juventude. Sabemos que o Papa Bento XVI havia prometido estar no Rio de Janeiro para presidir a JMJ, mas com a sua renúncia nós esperamos e cremos que seu sucessor estará presente no Rio no mês de julho próximo.

A CF com este tema, Fraternidade e Juventude, tem seus antecedentes. Em 2011, a Assembleia dos Bispos do Brasil criou a Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude – uma Comissão que tem como objetivo acompanhar as pastorais da juventude aqui no Brasil: as pastorais da juventude, os movimentos apostólicos, novas comunidades e acompanhar também aquelas congregações que têm como carisma a dedicação, a formação dos nossos jovens, para que o trabalho da juventude aqui em nosso país seja feito na unidade dentro da diversidade dos carismas e de cada um dos movimentos e das novas comunidades. Visando criar em cada uma das dioceses o chamado “setor da juventude” – um setor que compreende todos aqueles que trabalham com a juventude.

A CF visa também preparar de uma forma “mais próxima” a JMJ e nós queremos com esta CF, e queremos fazê-la com os jovens e para os jovens, procurar despertar na nossa sociedade, nas nossas comunidades essa importância dos jovens. Nós devemos, como diz o Papa na sua mensagem para CF, ajudar os jovens a tornarem-se protagonistas de uma sociedade mais justa, mais fraterna, inspirada no Evangelho. E o Papa afirma que se os jovens forem o presente, eles serão também o futuro. Nós queremos os jovens protagonistas integrados na comunidade que os acolhe, demonstrando a confiança que a Igreja deposita em cada um deles.

Fonte: CNBB

PAPA BENTO XVI ANUNCIA RENÚNCIA A CÁTEDRA DE SÃO PEDRO

Cidade do Vaticano - Roma

Caríssimos Irmãos,

Convoquei-vos para este Consistório não só por causa das três canonizações, mas também para vos comunicar uma decisão de grande importância para a vida da Igreja. Depois de ter examinado repetidamente a minha consciência diante de Deus, cheguei à certeza de que as minhas forças, devido à idade avançada, já não são idôneas para exercer adequadamente o ministério petrino. Estou bem consciente de que este ministério, pela sua essência espiritual, deve ser cumprido não só com as obras e com as palavras, mas também e igualmente sofrendo e rezando. Todavia, no mundo de hoje, sujeito a rápidas mudanças e agitado por questões de grande relevância para a vida da fé, para governar a barca de São Pedro e anunciar o Evangelho, é necessário também o vigor quer do corpo quer do espírito; vigor este, que, nos últimos meses, foi diminuindo de tal modo em mim que tenho de reconhecer a minha incapacidade para administrar bem o ministério que me foi confiado. Por isso, bem consciente da gravidade deste ato com plena liberdade, declaro que renuncio ao ministério de Bispo de Roma, Sucessor de São Pedro, que me foi confiado pela mão dos Cardeais em 19 de Abril de 2005, pelo que, a partir de 28 de Fevereiro de 2013, às 20:00 horas [horário de Roma], a sede de Roma, a sede de São Pedro, ficará vacante e deverá ser convocado, por aqueles a quem tal compete, o Conclave para a eleição do novo Sumo Pontífice.
Caríssimos Irmãos, verdadeiramente de coração vos agradeço por todo o amor e a fadiga com que carregastes comigo o peso do meu ministério, e peço perdão por todos os meus defeitos. Agora confiemos a Santa Igreja à solicitude do seu Pastor Supremo, Nosso Senhor Jesus Cristo, e peçamos a Maria, sua Mãe Santíssima, que assista, com a sua bondade materna, os Padres Cardeais na eleição do novo Sumo Pontífice. Pelo que me diz respeito, nomeadamente no futuro, quero servir de todo o coração, com uma vida consagrada à oração, a Santa Igreja de Deus.

Vaticano, 10 de Fevereiro de 2013.

BENEDICTUS PP XVI

Papa Bento XVI, hoje com 85 anos, foi eleito em 19 de abril de 2005, como o 265º Papa, para suceder o Papa João Paulo II. Nascido em Marktl am Inn, Alemanha, no dia 16 de abril de 1927.

Fonte: Rádio Vaticano.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

TUDO PRONTO PARA O "REBANHÃO 2013" DE BARRA MANSA

Barra mansa - RJ
Está tudo pronto para a 22ª edição do Rebanhão 2013 de Barra Mansa que pela primeira vez será realizado no Parque da Cidade no centro. O evento que anualmente é realizado pela Renovação Carismática Católica (RCC), durante os dias de carnaval, tem entrada franca e reúne pessoas de diversas idades para momentos de louvor, adoração ao Santíssimo Sacramento, pregações, shows católicos, confissões, além de missas diárias.

Segundo os organizadores, uma grande estrutura foi preparada receber os que irão participar do evento. Além de um amplo e seguro espaço com estacionamento, o Rebanhão 2013 contará com Cantinho da Criança, praça de alimentação e livraria.

O evento que começa no sábado, dia 09 e vai até a terça-feira de carnaval, dia 12, terá início sempre às 13 horas, sendo que o encerramento será com a Santa Missa todos os dias às 19 horas.

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

LANÇADA A CAMPANHA "MINHA COMUNIDADE, MINHA HISTÓRIA"

Igreja São José, Vista Alegre (foto de dezembro de 2012)
Barra Mansa - RJ
Com o objetivo de resgatar e eternizar a memória da Comunidade Eclesial São José, visando a celebração de seu Jubileu de Ouro no ano de 2019, estamos lançamos na última quinta-feira, 07 de fevereiro, por meio de nosso BLOG e das redes sociais (Facebook e Twitter) a campanha virtual "Minha Comunidade, Minha História". O principal objetivo da campanha é reunir fotos antigas e recentes de eventos diversos, como celebrações, procissões, batizados, casamentos, primeiras eucaristias, crismas e até mesmo reuniões ocorridas nas dependências da igreja. Também serão recebidas fotos de eventos realizados no pátio, bem como da fachada da igreja.

Critérios
Toda e qualquer pessoa interessada em enviar suas fotos deverão fazê-la através do e-mail comunidade.saojose@hotmail.com, contendo preferencialmente data, ou pelo menos o ano  em que foram tiradas, nomes das pessoas contidas nelas e em que ocasião ou situação foram registradas. As fotos recebidas serão avaliadas e arquivadas, podendo ser posteriormente publicadas.

Dúvidas sobre a campanha virtual poderão ser tiradas também através do e-mail acima e o prazo para recebimento das fotos são por tempo indeterminado.

T E R Ç O   D O S   H O M E N S

Toda quinta-feira às 19h30 - Igreja São José

Vista Alegre - Barra Mansa

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

GRUPO DE CASAIS CELEBRA 3º ANIVERSÁRIO EM VISTA ALEGRE

Barra Mansa - RJ
O Grupo de Casais Católicos Vida em Cristo que reúne cônjuges das onze comunidades da Paróquia Santa Cruz em Barra Mansa, completou nesta quarta-feira, dia 06, três anos do início de seus trabalhos.

O grupo que é composto atualmente por aproximadamente quarenta casais, nasceu a partir da realização do "Encontro de Casais com Cristo" (ECC) do ano de 2009, promovido pela paróquia local. Um dos objetivos do grupo, além de trabalhar a espiritualidade dos casais, bem como a renovação constante do compromisso matrimonial de marido e esposa, é também promover o entrosamento entre os participantes, a fim criar vínculos de amizade e o serviço dos membros no anúncio do Evangelho e na promoção humana.

No último sábado, dia 02, o grupo realizou seu primeiro encontro de 2013 após um período de férias e teve a presença de um novo casal - Clóvis e Joana (foto abaixo) - que passaram a integrar o grupo.

Para marcar oficialmente o aniversário do grupo será celebrada uma missa no próximo dia 17, domingo, às 19h00, na igreja São José em Vista Alegre, com a presidência do reverendíssimo padre Carlos Henrique Ferreira da Rocha, vigário paroquial local.

Nota:
O Grupo de Casais Católicos Vida em Cristo se reúne todo primeiro sábado de cada mês às 19h30 no salão da igreja São José no bairro Vista Alegre.

Maiores informações sobre o grupo de casais podem ser obtidas através do blog: http://grupodecasaiscatolicosvidaemcristo.blogspot.com.br/ ou pelo e-mail: lucia.araujoo@hotmail.com



Fotos: Devanil Lacerda de Aguiar

QUARTA-FEIRA, 06 DE FEVEREIRO DE 2013 - 4ª SEMANA DO TEMPO COMUM

Evangelho (Marcos 6,1-6)

- O Senhor esteja convosco.
- Ele está no meio de nós.
- Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
- Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, Jesus foi a Nazaré, sua terra, e seus discípulos o acompanharam. Quando chegou o sábado, começou a ensinar na sinagoga. Muitos que o escutavam ficavam admirados e diziam: “De onde recebeu ele tudo isto? Como conseguiu tanta sabedoria? E esses grandes milagres que são realizados por suas mãos? Este homem não é o carpinteiro, filho de Maria e irmão de Tiago, de Joset, de Judas e de Simão? Suas irmãs não moram aqui conosco?” E ficaram escandalizados por causa dele. Jesus lhes dizia: “Um profeta só não é estimado em sua pátria, entre seus parentes e familiares”. E ali não pôde fazer milagre algum. Apenas curou alguns doentes, impondo-lhes as mãos. E admirou-se com a falta de fé deles. Jesus percorria os povoados das redondezas, ensinando. 

- Palavra da Salvação. 
- Glória a vós, Senhor.

AGENDA DOS PRÓXIMOS DIAS

Dia 06 - Quarta-feira
19h30 - Celebração da Palavra de Deus (Igreja São José)

Dia 07 - Quinta-feira
18h00 - Terço do "Movimento Serra" pelas Vocações (Igreja São José)
19h30 - Terço do Homens (Igreja São José)

SIGA-NOS NO TWITTER: https://twitter.com/comsaojose

*Imagem: http://www.paulinas.org.br/diafeliz/evangelho.aspx?Data=06/02/2013&EvangelhoID=4495

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

CANDIDATOS AO DIACONATO RECEBEM MINISTÉRIOS EM BARRA MANSA

Barra Mansa - RJ
Os candidatos ao diaconato permanente José Wellington Magalhães de Castro e Ronaldo Lima receberam os ministérios do Acolitato e Leitorado, na Igreja Matriz Santa Cruz no bairro Vila Nova em Barra Mansa, durante Missa presidida pelo bispo diocesano Dom Francisco Biasin. Concelebraram na ocasião os padres Jorge Luiz Martins Pereira e Carlos Henrique Ferreira da Rocha, respectivamente pároco e vigário paroquial local, além do padre Gildo Nogueira. A cerimônia contou ainda com a presença de outros diáconos permanentes e candidatos ao diaconato, além de seminaristas e cetenas de fiéis de diversas paróquias e comunidades da diocese.

- “Graças a Deus completamos mais uma etapa do processo do diaconato permanente. Foram quatro a cinco anos de formação. Estamos felizes e ansiosos para concretização deste ministério que é um serviço a pastoral Litúrgica e aos pobres” - declarou José Wellington.

- “Estou animado para esta missão, esperando corresponder com as expectativas dos desafios da Igreja Diocesana e para o Cristo” - comentou Ronaldo Lima.

“É uma experiência gratificante da preparação para o diaconato permanente, uma ação nova da diocese em que novos colegas receberam os ministérios do leitorado e do acolitato. A expectativa é de que em 5 maio deste ano, sejam ordenados com mais quatro deles. Teremos em breve um total de 16 diáconos permanentes” - explicou o membro da equipe de articulação dos diáconos, o diácono Mota.

Já o bispo diocesano Dom Francisco Biasin ressaltou agradeceu a disposição dos candidatos ao diaconato:

- “É um primeiro passo de uma etapa de um processo normal de formação diaconal. Agradecemos Ronaldo e José Wellington que se colocam a serviço”, concluiu Dom Francisco.

Ao fim da celebração que durou exatamente duas horas os candidatos ao diaconato receberam os cumprimentos dos fiéis que participaram da celebração.



Fotos e adaptação do texto: O Diocesano